Conheça maneiras de elevar sua vida financeira junto à maternidade.

Entenda Como é Possível Ampliar sua Renda e Organizar sua Vida Financeira sem Implicar com a Maternidade.

Com a chegada dos filhos, a vida financeira pode passar por uma mudança turbulenta. No Brasil, estima-se que o valor médio de gastos com a criação de um filho até os 18 anos pode chegar a R$1,2 milhão, de acordo com dados de pesquisa do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper). E para as mães, esse assunto pode ser ainda mais delicado.

É natural que as mães deixem de lado seus planejamentos pessoais para dedicar a atenção e cuidados às necessidades da criança, principalmente em seus primeiros anos de vida. São novas despesas que demandam prioridades em relação à saúde e educação, contudo existem maneiras de planejamento financeiro para que as mães não precisem abdicar dos seus próprios desejos e ainda assim oferecer a melhor qualidade de vida para seus filhos. Entenda algumas delas:

Crie seu orçamento familiar e determine prioridades

Entenda quais são seus gastos. Ao visualizar a situação de sua renda e despesas mensais, ficará mais fácil a sua compreensão e consequentemente a sua vida financeira deixará de parecer tão complicada, o que te deixará mais confortável na programação de uma viagem, férias, ou até mesmo um investimento futuro. Além disso, demarcar os gastos que você considera essenciais e prioritários tanto na sua vida quanto na de seu filho, também se torna um excelente aliado para a organização do orçamento familiar.

Tenha um fundo de emergências

É inevitável estar preparado para despesas e imprevistos que possam vir a ocorrer. Durante a infância, os gastos podem ser os mais variados: consultas médicas, viagens escolares, remédios.. E a soma de todos eles podem pesar bastante em seu orçamento. É indicado, se possível, a economia de um valor mensal para estar preparado para essas despesas extras.

Aposte em Planos de Saúde

Como dito no item anterior, gastos com despesas médicas são inevitáveis e imprevistos chegam sem avisar. Investir em um plano de saúde para você e sua família é uma das formas de reduzir drasticamente os custos de consultas que podem surgir durante os anos, beneficiando sua economia a longo prazo.

Pense em si mesma

Destacamos novamente o fato de que é necessário e importante que as mães (ou futuras mães) não deixem de lado os seus próprios planos financeiros e desejos pessoais para o futuro. O investimento em uma previdência privada é mais uma das formas de adquirir um conforto complementar à sua renda junto da aposentadoria. Conheça e procure os planos que melhor se encaixem com você e sua família.

Agora que você conhece algumas dicas sobre finanças que com certeza irão fazer a diferença na sua vida, não deixe de ensinar seu filho sobre educação financeira. Explicar os conceitos básicos e oferecer uma quantidade de mesada da sua preferência é um ótimo caminho para que ele aprenda a importância do dinheiro e futuramente possa obter sua própria independência financeira com mais facilidade. Afinal, você estará adquirindo conhecimento junto de seu filho e será sua principal fonte de exemplo.

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Leia também